Mensagens

Ainda estou para saber

Se, as pessoas que me têm sido muito próximas ultimamente, são bastante intuitivas. Ou se sou eu que sou demasiado transparente.

Estou realmente impressionada e começo a sentir-me um bocado desprotegida.

Castigo

Escrever cem vezes: sou tão idiota.

nuvenzinha negra

Se na outra noite o sonho tinha sido bom, nesta que passou tudo foi mais difícil. acordava encalorada, completamente transpirada, irrequieta... Confesso que andam problemas da associação a preocupar-me em 2º plano. apetece-me abandonar tudo e correr para longe. Mas não sou de deixar coisas a meio nem assumo responsabilidades para depois me negar. Há quem saiba o quão teimosa posso ser, e quanto a este assunto não vou ser excepção. Não creio que seja isto que me está a perturbar o sono ao ponto de me fazer levantar mais de meia dúzia de vezes durante a noite. Não é isto.
Sei o que é.
Dormi mal, dormi pouco e acordei com um humor de cão raivoso. já passaram mais de oito horas desde que me levantei e continuo a ter aquela nuvenzinha negra por cima da cabeça. Já me tentaram alegrar mas parece que a alma não quer sair deste registo de uma tristeza inexplicável. 
Eu sei bem o que anda aqui a chatear-me, sinto que a culpa é inteiramente minha porque sabendo que nada mais é que uma repetição…

sonhos bons:)

Há a teoria que todos sonhamos, todas as noites.
Que eu me lembre, é muito raro sonhar. Se o faço, é muito raro lembrar-me.
Acho que nem mesmo quando um problema me preocupa, sonho com isso. O mais normal é acordar a meio da noite a pensar no assunto.
Hoje sonhei com algo que me anda a povoar os pensamentos, quando estou acordada. lembro-me vagamente do conteúdo, embora me lembre bem, muito bem da melhor parte do sonho. Se tivesse que resumir o sonho, aquele momento seria a síntese de tudo.
Não me vou pôr com as vulgares histórias de interpretações de sonhos para explicar porque sonhei aquilo. Talvez seja por pensar alguma coisa nisso, não sei...
Lembro-me, quando estudei psicologia, a professora Maria do Rosário, dizia que alguns dos sonhos podiam ser desejos recalcados que a nossa consciência, em vigília, controlava, mas a dormir, era ludibriada e deixava passar. Se calhar, sou obrigada a concordar.
Fora estas teorias freudianas, também há quem diga que se não contarmos o sonho a n…

Aviso

Alice, tem juízo!
Quem brinca com o fogo, acaba queimada...

Até já, sapatos de salto alto

O M., durante os treinos, já me tinha dado duas ou três achegas sobre sapatos de salto alto. Já me tinha dito para os dispensar, que havia sapatilhas giras, que não perderia o estilo se deixasse de usar saltos altos. A verdade é que passei a andar mais vezes de sapatos rasos embora aprecie bastante saltos, já que, além de uma certa elegância, alonga-me a figura, que sou rapariga pequena.  Quando lhe disse que tinha levado uma "sova" por causas das festas, disse logo: aposto que andou estes dias todos de salto alto. Desenganei-o! Ténis, ténis e ténis. 
Hoje quando fui arranjar as unhas, queixei-me que me dói, quase debaixo do dedo pequeno do pé. Parece que, com os treinos, estou a fazer muita pressão na articulação do pé. Corro o risco de arranjar uma deformação do osso. Mais uma vez, fui aconselhada a largar os saltos altos e a fazer uso de sapatilhas, sapatos com cunha e sapatos rasos.
Parece-me que as sapatilhas vão passar a fazer parte do meu dia a dia, e não somente no …

Teorias do chefe

Estava a olhar para as minhas unhas vermelhas, que estão um pouco maiores do que eu gostaria. Não sou nada adepta de garras de lince. Amanhã sai esta cor e entra outra. Já pedi à M., que quero uma cor gira, gira, mas não espalhafatosa. Gosto de coisas bonitas mas não pindericas. Sobriedade e bom gosto. E por estar a olhar para as unhas, recordei me de uma conversa esta semana, à hora de almoço. 
A teoria do meu chefe/patrão é que mulheres "com homem" se arranjam melhor do que sem ele.
Não concordo nada, nada. As mulheres arranjarem-se terá mais a ver com elas próprias, do que com os homens em geral.
Se eu não fosse tão esquisita com o corpo, não me pusesse tantos defeitos, arriscaria mais quanto à questão de andar arranjada. Contudo faço o possível por andar bem. Até para o ginásio gosto de impecavel. Mesmo sabendo que vou ficar toda esguedelhada e suada.
Andar arranjada, impecável tem a ver com a nossa forma de ser e não com o facto de ter homem ou não. 
Teoria do chefe, a…