domingo, 9 de outubro de 2011

O desafio vai começar

Desde terça-feira que tenho os papéis. Bato com os olhos na pequena caixa que sei que vai andar comigo
A curiosidade já me devia ter feito lê-los mas tal não aconteceu. Porque não me apetece estar a imaginar eventuais cenários. Sei que vou pôr-me a procurar termos médicos e farmacêuticos, e isso vai pôr o cérebro a funcionar, tendenciosamente para o lado negativo.
Vou lê-los quando estiver a três dias das análises. Depois vou procupar-me com as agulhas, as faltas no trabalho, as esperas.
Se houve coisa que prometi a mim mesma é saber ser realista. E isto inclui saber parar.

2 comentários:

  1. É difícil mas, uma vez que se assume essa postura, não se consegue ter outra. Porque é mesmo a mais saudável. Tudo a correr bem :)

    ResponderEliminar
  2. Vanita,

    Assumo que, quando fui confrontada com a situação, já a imaginava difícil, mas não imaginava que fosse tanto. Mas como o cérebro já está domesticado, vamos indo com a precaução que a situação exige.

    Um dia de cada vez, lá diz a velha máxima.

    Obrigada.

    ResponderEliminar

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)