sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Angústia

Acredito que já nasci impaciente. A paciência não é uma coisa que se treine. Se for, alguém me diga como se faz.
Há pouco escrevia-me a minha colega dizendo que pareço daqueles presos que vão fazendo riscos na parede, a contar os dias.

Obviamente que o resultado é uma incógnita. Se nos primeiros dias tinha muita fé e esperança, hoje parece que perdi tudo isto. A ansiedade eleva-se. A impaciência também.

Parece que ando a somar todas as parcelas da equação e chego ao resultado igual a zero. Correu tão bem, que acho tudo demasiado perfeito. Estou tão habituada a lutar por tudo de forma tão sofrida, que me parece que está a ser fácil demais.
Preciso ter fé, eu sei. E paciência também.

2 comentários:

  1. Revejo-me tanto nas tuas palavras...

    ResponderEliminar
  2. Dina,

    Espero que essa tua angústia passe depressa.

    beijinho

    ResponderEliminar

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)