terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Uma maravilhosa descoberta

Voltei ao exercício ao ar livre depois de um interregno de quase dois anos. Esta actividade foi uma das que senti mais falta quando tive de ir trabalhar para longe de casa.

Já nem me lembrava quão bom é sentir o ar fresco da manhã na cara e os aromas a terra molhada da geada que se começa a derreter. Há ainda os raios de sol que não têm estado nada tímidos e sabem tão bem a bater na cara. As pequenas gotículas de água pousadas nas ervas reflectem minúsculos arco-íris. E as nespereiras começam agora a florescer.

E espantei-me quando descobri uma cegonha a uns metros de mim. Desconhecia que andavam aqui tão perto de casa. Obviamente não acredito que são as cegonhas que trazem bebés. Mas, Às vezes, sabia bem acreditar...

[talvez amanhã encontre o ninho]

2 comentários:

  1. :D

    As cegonhas... ai Alice, nunca se sabe, pode ser um bom presságio.

    Vamos entrar em 2012 com esperança e confiantes que será um ano positivo :)

    Beijo e um Feliz 2012.

    ResponderEliminar
  2. A cwgonha foi uma mera coincidência... acho eu!

    Sim, vamos mesmo pensar que seja diferente- para melhor - e positivo, muito positivo.E com um positivo, seria fantástico.

    Beijo e Bom 2012 repleto de felicidades.

    ResponderEliminar

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)