terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Introspecção e auto-crítica

O facto de estar nestas andanças da blogosfera há quase quatro anos já me devia ter desinibido de escrever fosse o que fosse. Nunca fui censurada pelo que escrevi, nem seria a censura que me impediria de o fazer.

Este blogue é o mais recente e a sua criação foi ponderada, e confesso que estou a anos-luz das emoções que expus no outro. A autenticidade permanece, tenho muitos mais silêncios.

Agora acho tudo o que penso escrever tão parvo, que me resigno a não escrever nada. E se assim é, volta-se a ponderar se abandone de vez a blogosfera e fique apenas como mera espectadora.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)