domingo, 12 de fevereiro de 2012

#2.12 - Close-Up

[aquecer as mãos no chá quente de cidreira]



Depois de ter ficado gelada à espera que o marido  socorresse alguém que acabara de ter um acidente, a primeira coisa que fiz quando cheguei a casa foi preparar um chá de cidreira para os dois. Aquecemos o corpo e a alma. A manta e a lareira também ajudaram.
Esperamos que as coisas corram bem para quem foi remetido para o hospital

6 comentários:

  1. Isilda,

    isto de ter um marido que é bombeiro é algo que me orgulha muito. Poucas são as vezes que o vejo a exercer. Hoje, por acaso, aconteceu. Fico feliz que ele salve vidas ou ajude a minimizar a dor. também já fez nascer alguém.

    com ofrio que estava e enquanto não chegou a ambulância apanhámos com o vento frio.
    Nada como uma chávena de chá para aquecer.

    bjs

    ResponderEliminar
  2. Que bom que é beber um chá com este tempo gelado. Espero que a pessoa que o teu marido ajudou fique bem.

    ResponderEliminar
  3. O meu pai era sócio dos bombeiros e ensinou-me, bem cedo, o seu valor inestimável.

    ResponderEliminar
  4. Sofia,

    Sim, os chás , manta e lareira são óptimos para este tempo gelado.

    Também espero que a pessoa fique bem. Foi um acidente entre uma moto e um carro. Não havia sangue, mas isso não quer dizer nada.

    bjs

    ResponderEliminar
  5. Isilda,

    Regra geral as pessoas têm muito respeito e admiração pelos bombeiros, mas há pessoas que não lhe dão o devido valor.

    Confesso que, no Verão, tenho mais receio mas alguém tem de zelar pela população e pela floresta.

    Bjs

    ResponderEliminar

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)