Avançar para o conteúdo principal

Quando foi a última vez que foste ao teatro?

Confesso que gostaria de ir mais vezes ao teatro. Um dos meus objectivos parac 2012 é assistir ao maior número de acontecimentos culturais que conseguir. O teatro está na lista.
Hoje seria um desses dias se o marido não fosse chamado à urgência (não gosto de ir a nenhum evento sozinha, e outras eventuais companhias não apreciam muito teatro).

A última peça de teatro que fui ver foi com o Bruno Nogueira e o Miguel Guilherme, "Como diz o outro". Foi há umas semanas atrás. É certo que passei grande parte do tempo a acotovelar o marido , que ia cabeceando, acabando por adormecer - o cansaço conseguiu superar qualquer argumento com muita graça. Achei divertido, foi uma noite bem passada. Não é recomendável a titias impressionáveis devido à linguagem usada.

[Enquanto de um lado tinha o marido recostado a dormir, do outro tinha um casal sério, a quem não ouvi uma única gargalhada].

Aprecio todas as artes, excepto a circense. A cultura também é um património que não pode vender, nem trocar. É nosso. Estou apostada em fazer crescer o meu património cultural indo mais vezes ao teatro. Esta é uma das formas de enriquecimento pessoal.

27 de Março - Dia Mundial do Teatro

Comentários

  1. 4 de Fevereiro, ver a minha linda amiga J. brilhar, Já fui mais, agora as distâncias impedem-me as idas frequentes mas adoro. Bj.

    ResponderEliminar
  2. Lemon,

    O pior é que nem toda a gente tem acesso ao teatro.todas as cidades têm um teatro e alguns até foram reabilitados há pouco tempo;é pena que muitas companhias não apostem em espectáculos na periferia das grandes cidades, aposto como iriam ter casa cheia.

    Beijinho e obrigada por partilhares quando foi a tua ida ao teatro.

    ResponderEliminar
  3. Já não vou ao teatro há tanto tempo, há um ano para aí. Houve uma altura em que fui muito, agora deixei-me e tenho saudades. Tenho de voltar.

    Obrigada pelas palavras deixadas. :)

    Um beijinho*

    ResponderEliminar
  4. Sofia,

    As palavras foram sinceras, de coração. Não precisas agradecer.

    Se gostas de teatro, tens de voltar a ir. faz tão bem ausentarmo-nos da nossa realidade por umas horas.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. A minha última ida foi tb a 4 de Fevereiro desafiada pela Lemon :)
    E adorei!!

    Mas em actividades culturais sempre que posso estou presente ou não fizesse parte de uma associação de carácter cultural :)

    Na sexta-feira passada foi uma Peregrinação Poética em SJM :)

    Kiss

    ResponderEliminar
  6. ângela,

    Já percebi que fazes parte de algo criativo mas não sabia exactamente o quê. tenho a dizer-te que achei o máximo à poesia em ponto grande. Cheguei a pensar fazer um poster do género para a parede da minha sala.
    Também já tinha percebido a tua empatia com a Lemon. Desejo que , possam as duas, usufruir de mais pecinhas de teatro.

    Beijinho grande

    ResponderEliminar
  7. Já não vou há algum tempo... aliás, agora que penso nisso, talvez não vá há uns 8 anos. Chame on me...

    ResponderEliminar
  8. S.o.l

    Se tiveres por aí perto um teatro, aproveita e verifica se não há nada em cena. Aposto que consegues arranjar algo que te agrade,

    Beijinho

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)

Mensagens populares deste blogue

Jardim de Chuva Prateada

hoje em dia, as pessoas têm muitos amigos no facebook. é onde têm mais amigos. Se,de repente, essa pessoa deixar de colocar posts ou likes, não mostrar as suas selfies, os amigos vão preocupar-se com isso? se calhar não. acho que impera por lá a inveja, não a preocupação... Acho que os blogues são bem mais que isso. As pessoas não são sempre felizes; quando querem, mostram a vida que realmente vivem. E, às vezes, a amizade nasce, quando nos identificamos com essa pessoa. [Bem sei que há por aí gente com mais imaginação do que vida própria.] Há cerca de dois anos, uma pessoa frequente no meu blogue, deixou de escrever no blogue dela e nunca respondeu a emails que varias pessoas "chegadas" lhe haviam enviado, inclusive eu. tinha-me deixado um apelo no seu blogue, a que depois respondi e nunca mais tive resposta. ainda hoje tenho o seu blogue na minha de lista de leituras, para o caso dela voltar. mantenho a esperança que nada tenha acontecido. Agora volto a preocupar-me com a…

ironias

O meu marido conseguiu saber/sentir primeiro que eu o que e uma epidural...
(ouvimos sempre falar de epidural aquando dos partos mas afinal, não serve apenas nesses casos)

das minhas fragilidades. tenho coisas para contar, mas hoje "roubo" palavras a outros

O momento de escrever o que Maio me trouxe e me levou, vai chegar. falarei sobre isso, quando me sentir com os pés mais perto da terra e menos de cabeça para baixo. Sem os dramatismos com que agora vejo os acontecimentos.Maio trouxe e levou. A minha vida continua um novelo com muitas pontas e poucos fins à vista. tenho de falar nisso. Porquê? porque preciso. só não sei por que ponta começar.

Enquanto as minhas palavras não saem, gostei das de outrem, que não hesitei em roubar, sem pedir licença, mas dando os devidos créditos.

Tantas palavras te disse hoje,
mas as mais frágeis reservo-as
para o dia em que te encontrar.[Deste blogue]