terça-feira, 24 de abril de 2012

dias assim

Tem dias que o trabalho me cansa sobremaneira. Hoje foi um deles. [já estou a cair de sono]
A melhor descrição que faço é a da fila do pão. Todos vêm bater à porta, pedindo migalhas. Vêm nus, rotos, descalços e com fome. Mas exigem pão.Mesmo que não haja farinha para o fazer. Se impomos algumas pequenas cláusulas que pouco ou nada custam a cumprir, tratam-nos como se fôssemos cães vadios, com sarna, raiva.

Um dia alguém disse que estávamos de tanga; pois agora, está quase tudo nu e doente, moribundo.

2 comentários:

  1. Não digas que trabalhas na segurança social... deve ser pesado, sobretudo agora.

    ResponderEliminar
  2. EU,

    Não trabalho na segurança social, mas a situação devfe ser mais ou menos parecida. Mas com empresas.

    Quase parece a Santa Casa da Misericórdia.

    Beijinho

    ResponderEliminar

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)