domingo, 29 de abril de 2012

Metida ao barulho

Acabou de tocar o meu telemóvel do trabalho. Não é muito comum acontecer ao fim-de-semana, mas pontualmente acontece. Mas nunca me tinha acontecido ser por motivos de ciúmes.
Parece que a mulher de um dos motoristas dos nossos transportadores anda desconfiada do marido. E quem calhou na rifa?
Liga-me o rapaz muito aflito, a pedir desculpa pela situação que me estava a meter, mas que a mulher tinha de saber que o número que tantas vezes aparecia no telemóvel, inclusivé na lista de contactos, era apenas um contacto profissional. Ainda lhe perguntei se ela queria falar comigo para desfazer o equívoco, mas parece que ela ficou convencida só pelo que lhe disse a ele, com o telemóvel em alta voz. [ a coisa foi estranha já que há imenso tempo que trabalho com o rapaz que não vejo a coisa a fazer grande sentido]

Só espero não ter nenhuma espera amanhã à entrada da empresa... não me agrada nada andar o meu nome  metido entre marido e mulher. Eles que se entendam e me deixem a mim de parte. Há cada uma... (e ele alguma deve ter feito, para haver tamanha desconfiança)

Nota: É muito natural que o homem lá tenha o número, já que a logística é uma das áreas com que habitualmente trabalho.


2 comentários:

  1. bom, pelo menos esta manhã não estava cá nenhuma mulher à minha espera para me bater ou coisa assim.

    Espero sinceramente que se tenham entendido.

    ResponderEliminar

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)