sexta-feira, 13 de abril de 2012

para comemorar

O Beijo
Congresso de gaivotas neste céu
Como uma tampa azul cobrindo o Tejo.
Querela de aves, pios, escarcéu.
Ainda palpitante voa um beijo.
Donde teria vindo! (Não é meu...)
De algum quarto perdido no desejo?
De algum jovem amor que recebeu
Mandado de captura ou de despejo?
É uma ave estranha: colorida,
Vai batendo como a própria vida,
Um coração vermelho pelo ar.
E é a força sem fim de duas bocas,
De duas bocas que se juntam, loucas!
De inveja as gaivotas a gritar...

Alexandre O'Neill, in 'No Reino da Dinamarca'
(Beijem , beijem muito! Beijem quem amam! Na face ou na boca, na testa ou na mão... beijem! Afinal um beijo, é um acto que pode albergar tanto amor dentro!!)
 

10 comentários:

  1. Obrigada e retribuo, com muita amizade também!

    ResponderEliminar
  2. Gostei do poema. Um beijo enorme para ti. :)
    Bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  3. Gostei do poema. Um beijo enorme para ti. :)
    Bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  4. E eu que nem sabia que se comemorava este dia!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. carla e Dear Daisy,

    Beijinho para ambas. Bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  6. sofia,

    Acho o poema lindo. Beijo grande também para ti

    ResponderEliminar
  7. isilda,

    não sei se se pode dizer que seja comemorado. Mas vale a pena falar nele.

    Beijinho

    ResponderEliminar

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)