segunda-feira, 21 de maio de 2012

já não esperem de (por) mim

Hoje sinto-me desiludida com tanta gente, que só posso crer que o problema é mesmo meu. Eu que dou muita importância aos pormenores. Eu que sempre quis acreditar que os pormenores faziam a diferença [uma diferença boa na vida dos outros e na minha]. Sinto-me tão defraudada.