Avançar para o conteúdo principal

Amizade Virtual

A menina BELLE DU JOUR  passou-me este desafio. Agradeço a sua amabilidade, que muito me lisonjeia. Ela é uma das minhas amizades virtuais mais recentes. devia voltar-lhe a passar o desafio. Para que saibas, querida Belle, gosto muito daquilo que leio em ti.





Desafio:


"Com a interacção diária entre blogs, com as visitas, com a leitura dos textos, vídeos e imagens, começamos a saber um pouco mais acerca uns dos outros. Ou pelo menos assim o imaginamos, podemos estar redondamente enganados.Todos imaginamos coisas acerca da pessoa que visitamos quando entramos num blog, às vezes porque ela escreve sobre isso, outras vezes porque ficamos com uma impressão. Penso que isso é curioso e pode ser engraçado. Por isso surgiu a ideia deste desafio."



Para quem recebe o selinho, basta colar este texto no blog e aguardar pelas respostas.
Para quem visita os blogs, basta deixar a sua opinião.




No vosso Blog:


- Colocar o selinho do desafio no blog e dizer quem ofereceu o selo;


- Passar o desafio a pelo menos 3 pessoas que consideres como amizade virtual;


- Copiar estas 3 questões e esperar que os vossos seguidores dêem as suas opiniões:




1) Como imaginas o/a dono/a dona do blog em termos físicos (cabelo, olhos, altura, peso, etc);
2) Como imaginas os traços principais do feitio do/a dono/a dona do blog (calmo, mandão, mal humorado, mentiroso, amigo, etc);
3) Como imaginas ser a vida real do/a dono/a dona (dona de casa, pai ou mãe, executivo, agricultor, boémio, etc).
 

Há pessoas com as quais nos identificamos de imediato, nutrindo por elas uma simpatia e amizade mesmo sem lhe conhecer a cara. Gostamos com o coração.

Passo este desafio, a  meninas por quem nutro uma amizade virtual,  todas por razões diferentes (além da Belle du Jour de que já falei em cima):



- Sara


Haveria mais a enunciar, mas estas são as minhas amizades virtuais mais antigas, doutros tempos, de outro blogue que outrora existiu. perdoem-me todas as que não enuncio, as que todos os dias também cuidam um bocadinho de mim. Este selo também é para vós, que todos os dias me "obrigam" a acreditar.

Comentários

  1. mas eu sou uma inxirida! amanhã venho cá comentar. um beijo grande minha querida e dorme bem. descansa. xuac

    ResponderEliminar
  2. A palavra "inxirida" não é muito comum no português dos nossos tempos! ;)

    Dorme bem também,

    beijinho grande

    ResponderEliminar
  3. inxirida é mesmo à telenovela brasileira! ;)

    ResponderEliminar
  4. Belle,

    Sim, hoje é comum ouvir-se nesse contexto, mas lembra-te que muitos dos vocábulos que os brasileiros usam foram levados pelos colonos portugueses. Essa não escapará à importação.Palavras como onibus ou criados-mudos já fizeram parte do nosso vocabulário, permanencenda ainda entre os brasileiros.

    bjs, menina Belle

    ResponderEliminar
  5. Isto a mim parece-me uma tremenda batotice para que eu tenha (entre-aspas!!) de responder, deixa-me cá "contornar" a situação e responder aqui mesmo :)))

    1)Na minha imaginação não tens um rosto definido, esta é a pergunta para mim mais difícil porque as pessoas começam a “ganhar espaço” dentro da minha vida, pelo aquilo que são no seu interior e não pelo aspecto físico, esse realmente não me importa.

    Mas respondendo... talvez imagine os teus cabelos mais para o claro, olhos castanhos... um metro e sessenta e pouco e uns quilitos a mais (esta última é devida apenas pelos teus posts da dieta, não te zangues comigo :D)


    2)Creio que és uma pessoa sentida, que se ressente com a falta de bom senso dos outros, amiga, presente, tanto para família como para os amigos, sente-se que amas o teu marido, que a vossa ligação é muito boa, existe muito que vos une. Mas também se vê que outros amores já te fizeram sofrer... isso não é mau, acontece a toda a gente e fez de ti a pessoa que és. Que sabe falar, sabe estar, sabe o que diz, usa a ponderação q.b., sabe ao que há-de dar valor.

    3) A esta imagino que seja algo muito idêntico ao meu... onde há muito stress, muita logística, muitos motoristas, muita facturação, muito “diz-que-disse”, muitos dias do “estou farta disto” e outros do tantos do “têm que se aguentar”. À parte disse creio que gostas do que fazes. E que o fazes bem feito.

    ;)

    Beijo

    ResponderEliminar
  6. Ohhh tão querida :)
    Agora tenho de pensar como é que acho que tu és, certo? Gostando com o coração, eu acho que realmente se torna mais difícil descrever uma pessoa, mas eu vou tentar!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  7. (Acho que já tinha comentado, mas não aprece nada aqui...)

    Ohhh...tão fofa! Agora tenho de pensar como é que tu acho que tu és, mas é difícil descrever alguém quando se gosta com o coração :)
    Acho que és muito querida e muito sensata, mas vou pensar e depois comunico;)

    Um grande, grande beijo*

    ResponderEliminar
  8. S.o.l.

    A ideia não é obrigar-te a responder, mas sim a minha forma de te agradecer. claro que será sempre uma oportunidade de voltares a abrir o blog. Tenho saudades tuas, da tua escrita. Mas entendo a tua posição e respeito.

    Ainda não tinha publicado o teu comentário, só para nãpo existirem influências.

    És perspicaz como imagino que sejas. E com muita sensibilidade também.

    Vamos aos comentários:

    1) Não estranho que não me definas o rosto, porque eu faço o mesmo com os que leio. Importa-me pouco como são fisicamente os outros. Apesar de gostar de apreciar capas de livros, felizmente não tenho o mesmo hábito com as pessoas.
    e em relação ao teu palpite, os cabelos são castanho escuro assim como os olhos, na altura 1.60m e não te preocupes , que não me zango contigo de dizeres que tenho uns quilitos a mais. Mesmo que os não tivesse certamente acharia que estava gorda.

    2) Sou sentida,e perdoo com demasiada facilidade. Quanto ao resto, tudo verdade. Não sabia qu a ligação ao meu marido era assim tão notória :). às vezes falo demais, com demasiada sinceridade. Deixo que me vejam o jogo, e saio a perder... è a vida.

    3) Bingo. Sou da área da química e não de contabilidade mas passam por mim todos esses itens de que falaste. E sim, tenho dias de estar farta disto. Apesar deste cargo me ter sido difícil pelo stress que acarret, não posso dizer que gosto muito do que faço, mas também não desgosto.Quanto ao fazer bem feito, a mania da perfeição não me deixa concordar com isso.

    Beijinho e obrigada pelas tuas respostas. Gostei muito de perceber o que deixo transparecer aqui, e se a leitura é a correcta.

    beijinho grande e obrigada, que não me cansarei de repetir.

    ResponderEliminar
  9. B. Cérise,

    Não tinha publicado o teu comentário de propósito.Para dar tempo a quem quisesse responder e não haver influências.

    Tu é que és uma querida por me achares sensata e querida.E nisso eu não posso concordar ou discordar de ti. Acho que tenho dias.

    Bjs e obrigada

    ResponderEliminar
  10. Bem, então vamos lá a saber como é que eu acho que tu és :)
    [E juro que não li os comentários anteriores!]
    1) Em termos físicos será mais difícil, mas do que vou imaginando parece-me que deves ser assim do mesmo género que eu - pele clara, cabelos escuros, olhos castanhos. Acho que usas óculos. A altura deve rondar o 1.70 e tal e em estatura deves ser para o magra.
    2) Quanto a personalidade já te disse que és muito querida e sensata, mas também me pareces muito sensível, muito prestável e amiga do seu amigo. Serás uma pessoa calma e paciente, mas acho que te vais a baixo quando as coisas não correm como tu esperas, mas és persistente e és crente. Identifico-me contigo em muitas das caraterísticas que leio por aqui :)
    3) Acho que na vida real trabalhas numa empresa/ escritório e tens de lidar com papéis. Não sei muito bem qual será a tua profissão.
    Espero estar a acertar em alguma coisa :)
    Um grande beijinho*

    ResponderEliminar
  11. Olá Alice!
    Obrigada por constar da listinha de amigas mais antigas... Fiquei super feliz!!! ;)
    Não prometo que responda ao desafio porque o tempo livre não é muito, mas seria muito giro de fazer!
    Pode ser que em breve consiga fazê-lo.
    Beijo

    ResponderEliminar
  12. B. Cérise,

    Por acaso, só uso óculos em casa para descansar os olhos. Sou míope mas uso lentes de contacto.

    Não sou tão alta, e digamos que sou um bocadinho rechonchudinha (para fazer a vontade ao marido que me diz que não sou gorda).
    Infelizmente não sou calma e sou pouco paciente. sou um tanto nervosinha. devem ser sequelas da gravidez da minha mãe. Tenho também bicho carpinteiro, sou incapaz de estar muito tempo quieta. E gosto de me levantar cedo. Também não me deito com as galinhas. Sim, sou sensível e tenho muita facilidade em cair num estado "depressivo". preciso de um tempo para me habituar ao que dá errado, para traçar novos planos par seguir em frente. Não sou capaz de tempos de reacção de infinitésimos. Preciso traçar tudo com calma.
    E trabalho num escritório de uma empresa da área produtiva. Já fiz a parte comercial na mesma empresa e foi algo que adorei. Continuo ligada à área comercial, embora abarque logística e finanças. E outras coisas. sou muito polivalente.

    Como vês, acertaste em muita coisa.

    Obrigada por teres deixado a tua resposta. beijinho grande.

    ResponderEliminar
  13. Sarita,

    compreendo-te perfeitamente.

    Já sabes que estás sempre à vontade. Aqui ninguém é obrigada a nada.

    Tudo de bom!

    Bjs

    ResponderEliminar
  14. Não está esquecido... apenas pendente à espera do tempo que um desafio destes vindo de alguém tão especial como tu merece ;)
    E obrigada pela amizade!

    ResponderEliminar
  15. Vamos lá às respostas...
    1. Imagino-te morena, estatura média, sorriso tímido, olhar meigo...

    2. Ui, esta agora. Já verificamos por diversas vezes o quão parecidas somos. Talvez por pertencermos ao mesmo signo, talvez por outros motivos. De salientar em ti: és uma grande mulher, daquelas cheias de força, determinação, coragem. Extremamente humana, de coração enorme, sempre preocupada com os outros, sempre pronta a ajudar os outros, mesmo que mal os conheças. Amas de forma absoluta os teus, entregas-te em plenitude. Já sofreste por isso, mas não consegues nem sabes ser outra que não tu assim, tal como és. Podes ser tímida, reservada, pouco expansiva, pouco dada a grandes alaridos e abraços, mas és de uma sensibilidade enorme, de uma sensatez fora de série. Teimosa, como boa taurina, mas essa teimosia é mais persistência que outra coisa. Uma verdadeira lutadora e guerreira que não desiste dos seus sonhos ao mínimo obstáculo. Apesar do medo de te sentires derrotada, fracassada, segues em frente em busca do que queres, do que faz sentido para ti e para a tua vida... continuo?! ;)

    3. Super profissional, super ocupada. A tua faceta perfeccionista faz com que exijas muito de ti, a todos os níveis. Profissionalmente és meticulosa e detestas falhar, na vida pessoal e familiar sentes que podias dar mais de ti mas que o trabalho te absorve muito tempo. Ainda assim fazes o que muita gente não conseguiria, e custe o que custar, quando precisam de ti, estás lá, seja a que distância for, seja lá quais forem os sacrifícios e esforços que tenhas de fazer. Apesar de todo um quotidiano super preenchido, apesar de todo o stress que possa haver, acredito que és uma pessoa tranquila, serena, que aprecia os seus momentos zen do dia como se disso dependesse o teu equilíbrio para enfrentar a selva do dia-a-dia. Gostas de silêncio, gostas de paz, gostas de semicerrar os olhos ao fim do dia e sentires-te tranquila, mesmo que o mundo esteja a desabar à tua volta, e mesmo que essa sensação dure uns segundos. A par desta tranquilidade está aquele lado taurino da ansiedade, da obsessão pela segurança, de se querer ter tudo sob controlo e entrar em parafuso quando assim não é... mas depois do caos, vem um respirar fundo, um arregaçar as mangas e um pôr ordem em tudo. E só termina quando estiver perfeito ;)

    Acertei?!!!

    ResponderEliminar
  16. Raiozinho,

    Resposta ao primeiro comentário:

    Não considero a resposta obrigatória nem nenhum dever.:)

    cada um faz o que melhor lhe aprouver. Até porque o tempo é coisa escassa. E a vontade nem sempre ajuda.

    Sei que muitos selos são uma forma dos blogs fazerem publicidade uns aos outros- algo que me é pouco importante. para mim serviu simplesmente para agradecer.

    Obrigada

    beijinho

    ResponderEliminar
  17. Raiozinho,

    Resposta ao comentário 2:

    Está tudo muito bem dito. Joga lá no euromilhões que és capaz de ter sorte. ;)

    [nunca ninguém me tinha descrito de uma forma completa. Uma ressalva, sou mais nervosa que serena quando se trata das minhas coisas; sou mais serena a tentar apaziguar os medos dos outros).


    Beijinho! (sim, também acho que somos parecidas. muito!)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)

Mensagens populares deste blogue

Jardim de Chuva Prateada

hoje em dia, as pessoas têm muitos amigos no facebook. é onde têm mais amigos. Se,de repente, essa pessoa deixar de colocar posts ou likes, não mostrar as suas selfies, os amigos vão preocupar-se com isso? se calhar não. acho que impera por lá a inveja, não a preocupação... Acho que os blogues são bem mais que isso. As pessoas não são sempre felizes; quando querem, mostram a vida que realmente vivem. E, às vezes, a amizade nasce, quando nos identificamos com essa pessoa. [Bem sei que há por aí gente com mais imaginação do que vida própria.] Há cerca de dois anos, uma pessoa frequente no meu blogue, deixou de escrever no blogue dela e nunca respondeu a emails que varias pessoas "chegadas" lhe haviam enviado, inclusive eu. tinha-me deixado um apelo no seu blogue, a que depois respondi e nunca mais tive resposta. ainda hoje tenho o seu blogue na minha de lista de leituras, para o caso dela voltar. mantenho a esperança que nada tenha acontecido. Agora volto a preocupar-me com a…

ironias

O meu marido conseguiu saber/sentir primeiro que eu o que e uma epidural...
(ouvimos sempre falar de epidural aquando dos partos mas afinal, não serve apenas nesses casos)

das minhas fragilidades. tenho coisas para contar, mas hoje "roubo" palavras a outros

O momento de escrever o que Maio me trouxe e me levou, vai chegar. falarei sobre isso, quando me sentir com os pés mais perto da terra e menos de cabeça para baixo. Sem os dramatismos com que agora vejo os acontecimentos.Maio trouxe e levou. A minha vida continua um novelo com muitas pontas e poucos fins à vista. tenho de falar nisso. Porquê? porque preciso. só não sei por que ponta começar.

Enquanto as minhas palavras não saem, gostei das de outrem, que não hesitei em roubar, sem pedir licença, mas dando os devidos créditos.

Tantas palavras te disse hoje,
mas as mais frágeis reservo-as
para o dia em que te encontrar.[Deste blogue]