quinta-feira, 28 de junho de 2012

Os prós de aqui estar

Apesar das coisas más que, por aqui se vão passando, há coisas boas que me vão fazendo permanecer nesta empresa. Hoje, em conjunto com o salário, já recebi o subsídio de férias. Tudo a tempo e horas.

Lamento por quem não recebe por causa dos planos de austeridade, ou porque as empresas não têm dinheiro para pagar salários. Sei o quão difícil é lidar com isso.não estou a dizer por dizer.

por muito que não goste de algumas situações, nestes tempos de auteridade são coisas como esta que me fazem hesitar em procurar outro emprego. há quem me pergunte como aguento tanta viagem e até tão tarde. salário a tempo e horas é um bom argumento, não vos parece?


8 comentários:

  1. Um muito bom argumento. É o que me move neste emprego também (apesar de não haver SF e de lá mais para a frente não haver SN....), pois saber que não faltará o suficiente para os meus filhos andarem bem é motivo suficiente para nem hesitar.

    Beijinho e um bom dia

    ResponderEliminar
  2. Compreendo bem. Este não é um tempo para lirismos... A estabilidade é mais importante do que nunca. Um beijinho.

    ResponderEliminar
  3. Um dos melhores argumentos, e especialmente ainda mais nos dias que correm!

    ResponderEliminar
  4. Parece sim, e como te entendo... Moro a 52 km do trabalho e faço as as viagens todos os dias. As pessoas dizem-me como consegues, tanto dinheiro em gasoleo, tanto tempo no carro.... salário e subs a tempo e horas... Ganho menos, porque gasto mais em viagens, mas ganho e certo... e não estou em casa sem trabalho...

    ResponderEliminar
  5. Carla,

    Há coisas que temos de considerar se são ou não importantes. É isso que nos leva a fazer sacrifícios.

    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Eu,

    Não está tempo para lirismos, não!

    Não é só a estabilidade. temos a considerar que as oportunidades alternativas também não sobejam.

    Bjs

    ResponderEliminar
  7. AnaBrito,

    Eu faço 200 km (ida e volta), e toda a gente acha isto transcendente. O pior é o que se tem de aturar. Isso é que dá cabo de mim. e a paciência é tão pouca.

    Bjs

    ResponderEliminar

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)