terça-feira, 14 de agosto de 2012

Entusiasmo quase inexplicável

Sempre fui de me deitar tarde e levantar cedo. Dormir poucas horas era perfeitamente normal. Não perdia o bom humor nem necessitava de café para manter a pestana aberta. Admito que não compreendia quem "perdia" tempo a dormir, cabeceava às dez da noite, tinha preguiça de se levantar cedo.

Nos dias de correm continuo a prescindir o café - bebo raramente, não me dá energia nem ma tira. Quanto ao humor, a coisa muda de figura. tenho mais dias de mau humor agora que durmo mais. Também tenho mais preguiça.

tenho andado a arrastar-me, cansada, mesmo depois das férias. por muito que me esforce, chego a casa e não me apetece fazer nada. Cozinho, porque tem de ser; passo a ferro porque tem de ser. o que  faço, é mesmo porque tem de ser.

Ontem fiz a experiência: deitei-me cedo (22.30h) e levantei-me meia hora mais cedo que o habitual (5.30h). 
De manhã fiz umas arrumações adiadas umas quantas vezes; agora à tarde, vinha com a vontade toda, e desaparecido o mau humor do dia, estão crepes feitos e um bolo de iogurte no forno, além de já ter riscado mais umas tarefas de uma lista velha e com barbas.

Não sei se, com a idade os meus hábitos de sono mudaram e passei a ser mais produtiva no modo "deitar cedo e cedo erguer" ou isto é o entusiasmo por amanhã não ter de ir trabalhar. Uma mescla dos dois, creio.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)