Avançar para o conteúdo principal

Nisto da blogosfera


Não sei se estou a generalizar, mas é o que me parece: as mulheres são muito mais brilhantes no sarcasmo, na crítica social, do que os homens. e mais as do Norte do que as do Centro e  Sul.
Há pessoas que fazem verdadeiros pratos gourmet com o humor. Basta darem-lhes um pequenina notícia, et voilá, sai um texto supimpa de se ler.

Comentários

  1. Sim há mulheres com um verdadeiro dom para isso

    ResponderEliminar
  2. LOL
    Como mulher do Norte, vou encarar como elogio ;)

    Bjinhos e eu sei que ando ausente da blogo, mas ando naquela rotina de mts kms diários, sem tempo e pra lá de cansada. Espero retomar em breve a emissão regular ;)

    ResponderEliminar
  3. MissApuros,

    Sim , pois há, sem serem brejeiras ou parecer que se estão a armar. também há dessas que usam o sarcasmo de uma forma que mais parece inveja que sarcasmo. Não falo dessas.

    ResponderEliminar
  4. Raiozinho,

    Vem aí um feriado, tens de aproveitar para descansar.

    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Os meus planos são mesmo esses: descansar, descansar, descansar e descansar. Ver se não chego ao ponto que cheguei na semana passada.
    Mas quando regressar ao meu posto de trabalho dito habitual, a gestão de tempo é outra e o cansaço também não terá comparação. Como é que aguentas tantos kms diários, a sério?!

    ResponderEliminar
  6. Raiozinho,

    também deve aproveitar para ir à praia, já que o homem vai estar de serviço no sítio do costume.

    A resposta à tua pergunta nem sei bem. Devo ter uma boa resistência, sei lá! MAs sinto que aidade começa a pesar, e o facto de me sentir desmotivada, faz parecer agora que a viagem seja muito longa.

    Bjs

    ResponderEliminar
  7. Pois acredito que depende muito das pessoas. Há quem não aguente andar um dia inteiro a pé e eu aguento muito bem. Já conduzir um par de horas seguido rebenta comigo. Fico com pés inchados, dores de pernas, costas, corpo dorido. O levantar mais cedo é uma questão de hábito, mas o conduzir assim, acho que nunca me habituaria. Semana passada era tal o meu desgaste (com calor piora) que tive várias quebras de tensão, fiquei sem forças, custava-me respirar, mal suportava fazer fosse q movimento fosse. Para veres como dá cabo de mim. Por isso, invejo-te essa tua resistência ;)

    ResponderEliminar
  8. Também não me faz diferença andar de pé. Nem conduzir. São muitos quilómetros no pêlo ;).

    Mas olha que a resistência começa a fraquejar.

    Já me deu vontade de largar tudo e ser dona de casa por uns tempos. Mas nem tudo pode ser como queremos. Não nos tempos de hoje. Infelizmente.

    ResponderEliminar
  9. Eu não sou nada sarcástica, nem irónica. Sou muito pragmática e bocas para o lado são coisas que muitas vezes magoam, mesmo sendo humorísticas. O meu marido diz que tenho pouco sentido de humor e para escrever com humor então nem se fala :(!

    A minha mana gémea deve ter ficado com esse gene!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  10. B. Cérise,

    Nem todos podemos ser cheios de humor. Ainda aprecio mais quem saiba escrever humor do que contar anedotas.

    (Não fazia ideia que tinhas uma irmã gémea. Não dei por isso no que costumo ler. Ou estou a entender mal?)

    beijinho

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)

Mensagens populares deste blogue

Jardim de Chuva Prateada

hoje em dia, as pessoas têm muitos amigos no facebook. é onde têm mais amigos. Se,de repente, essa pessoa deixar de colocar posts ou likes, não mostrar as suas selfies, os amigos vão preocupar-se com isso? se calhar não. acho que impera por lá a inveja, não a preocupação... Acho que os blogues são bem mais que isso. As pessoas não são sempre felizes; quando querem, mostram a vida que realmente vivem. E, às vezes, a amizade nasce, quando nos identificamos com essa pessoa. [Bem sei que há por aí gente com mais imaginação do que vida própria.] Há cerca de dois anos, uma pessoa frequente no meu blogue, deixou de escrever no blogue dela e nunca respondeu a emails que varias pessoas "chegadas" lhe haviam enviado, inclusive eu. tinha-me deixado um apelo no seu blogue, a que depois respondi e nunca mais tive resposta. ainda hoje tenho o seu blogue na minha de lista de leituras, para o caso dela voltar. mantenho a esperança que nada tenha acontecido. Agora volto a preocupar-me com a…

ironias

O meu marido conseguiu saber/sentir primeiro que eu o que e uma epidural...
(ouvimos sempre falar de epidural aquando dos partos mas afinal, não serve apenas nesses casos)

das minhas fragilidades. tenho coisas para contar, mas hoje "roubo" palavras a outros

O momento de escrever o que Maio me trouxe e me levou, vai chegar. falarei sobre isso, quando me sentir com os pés mais perto da terra e menos de cabeça para baixo. Sem os dramatismos com que agora vejo os acontecimentos.Maio trouxe e levou. A minha vida continua um novelo com muitas pontas e poucos fins à vista. tenho de falar nisso. Porquê? porque preciso. só não sei por que ponta começar.

Enquanto as minhas palavras não saem, gostei das de outrem, que não hesitei em roubar, sem pedir licença, mas dando os devidos créditos.

Tantas palavras te disse hoje,
mas as mais frágeis reservo-as
para o dia em que te encontrar.[Deste blogue]