Avançar para o conteúdo principal

quando não pode haver cão nem gato

Parece que lá perto de casa existe uma loja que é um Mundo em matéria de peixes, aquários, e afins.

Hoje vai ser dia de dentista - e por isso fica adiada a compra- mas creio que amanhã já devo ter peixinhos em casa. Já ando a pensar nos nomes.

Definitivamente preciso de companhia.

Comentários

  1. Os meus chamam-se sabão e esponja eheh

    ResponderEliminar
  2. MissApuros,

    São nomes bem fofinhos.

    Também tenho tendência para escolher nom,es dentro deste género, mas agora - e fugindo à rotina- estava a pensar escolher nome de gente. não sei se mudarei de ideias.

    Eu começo tudo ao contrário. Escolho o nome e depois é que compro os peixes. Enfim.

    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Eu só tenho gatos, mas também gostava de ter um peixe
    Bjs ;)

    ResponderEliminar
  4. Jessy,

    Sê bem vinda.

    Possivelmente será mais fácil ter um peixe que um gato. Vê lá se o gato não come o peixe ;)

    Bjs

    ResponderEliminar
  5. Sophie,

    Sê bem-vinda.

    Tartarugas também pode ser outra hipótese. Ou peixes e tartarugas em simultâneo. Mas confesso que acho os peixes mais encantadores.

    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Um animal é sempre um animal, e vale sempre a pena falar com ele ;)
    Mas será que um gato ou cão não são mesmo opção? Eu e o marido somos os dois alérgicos, e temos 3 gatos. Com o tempo, passámos a reagir bem menos. E o carinho dos nossos estarolas compensa algumas lágrimas e espirros. Não os deixamos vir para o quarto, para não dormirmos num ambiente com pelos. E cá nos vamos arranjando bem os 5!

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  7. eu,

    Entendi o que disseste. No entanto, eu não sou alérgica nem a cães nem a gatos; mas devido ao facto de eles deixarem cair p~elos a probabilidade de entrar em contacto com ácaros é muito superior e aí sim, criarei alergia. estou proibida de ter animais com pêlo en casa.

    A opção peixes está seleccionada. hão de fazer alguma companhia.

    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Os meus peixes não têm nome, s
    ao só 'os peixes!' Agora estou a sentir-me menos boa pessoa porque as gatas têm nome e o hamster também tinha, mas não me parece que os habitantes do aquário se preocupem muito com isso :)
    E já há novidades quanto aos ditos cujos :)? Agora estou curiosa com o andamento das coisas!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  9. B. Cérise,

    tens de lhe pôr nomes! Lol :) Mas acho que eles não se preocuparão com isso.

    Como vão ser os meus animais de companhia, têm de ter um nome.

    O meu irmão deu-me indicação de uma empresa especializada aqui perto de casa, que me irá dar algumas indicações sobre peixes e onde posso comprar os peixes à confiança, assim como os acessórios. Depois da revisão do carro e do dentista, na segunda e na terça, pensava que seria ontem que ia escolher os bichinhos. Quando passei na empresa já tinha fechado. Hoje também não consegui sair a horas decentes. O meu marido disse-me que ia tratar disso amanhã. Mas não sei se confie ;).

    De sábado não passa. Depois tiro foto aos bichinhos se eles deixarem.

    Bjs

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)

Mensagens populares deste blogue

Jardim de Chuva Prateada

hoje em dia, as pessoas têm muitos amigos no facebook. é onde têm mais amigos. Se,de repente, essa pessoa deixar de colocar posts ou likes, não mostrar as suas selfies, os amigos vão preocupar-se com isso? se calhar não. acho que impera por lá a inveja, não a preocupação... Acho que os blogues são bem mais que isso. As pessoas não são sempre felizes; quando querem, mostram a vida que realmente vivem. E, às vezes, a amizade nasce, quando nos identificamos com essa pessoa. [Bem sei que há por aí gente com mais imaginação do que vida própria.] Há cerca de dois anos, uma pessoa frequente no meu blogue, deixou de escrever no blogue dela e nunca respondeu a emails que varias pessoas "chegadas" lhe haviam enviado, inclusive eu. tinha-me deixado um apelo no seu blogue, a que depois respondi e nunca mais tive resposta. ainda hoje tenho o seu blogue na minha de lista de leituras, para o caso dela voltar. mantenho a esperança que nada tenha acontecido. Agora volto a preocupar-me com a…

ironias

O meu marido conseguiu saber/sentir primeiro que eu o que e uma epidural...
(ouvimos sempre falar de epidural aquando dos partos mas afinal, não serve apenas nesses casos)

das minhas fragilidades. tenho coisas para contar, mas hoje "roubo" palavras a outros

O momento de escrever o que Maio me trouxe e me levou, vai chegar. falarei sobre isso, quando me sentir com os pés mais perto da terra e menos de cabeça para baixo. Sem os dramatismos com que agora vejo os acontecimentos.Maio trouxe e levou. A minha vida continua um novelo com muitas pontas e poucos fins à vista. tenho de falar nisso. Porquê? porque preciso. só não sei por que ponta começar.

Enquanto as minhas palavras não saem, gostei das de outrem, que não hesitei em roubar, sem pedir licença, mas dando os devidos créditos.

Tantas palavras te disse hoje,
mas as mais frágeis reservo-as
para o dia em que te encontrar.[Deste blogue]