quinta-feira, 9 de agosto de 2012

soldados da paz

O coração aperta porque nem sempre o homem vence na luta contra o fogo. A luta é desigual. 
Quero crer que os homens vencem, as chamas se extinguem, e não há mortes a lamentar. E hoje já há uma. Peço a Deus que não haja mais nenhuma.
Esta noite vai ser tão longa e em claro. Consequências de estar casada com um bombeiro.


2 comentários:

  1. Das notícias que mais me entristecem são estas relacionadas com incêndios e a luta tão desigual entre os bombeiros e as chamas. Perdeu-se uma vida, rezam-se pelas que ficam e continuam na luta.
    E imagino a tua preocupação... tem fé! Tudo há-de correr bem.
    Bjinhos

    ResponderEliminar
  2. Raiozinho,

    Para já tudo bem; teve o cuidado de me ligar por duas vezes a dizer que estava tudo bem.

    Antes que venham notícias de mortes ou feridos entre os bombeiros, liga-me adizer que está bem.
    Mas, às vezes, é difícil conter as lágrimas, por ter medo que lhe pode acontecer a ele, não está imune!

    tenho fé. tenho de ter.

    bjs e bom fim-de-semana

    ResponderEliminar

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)