domingo, 16 de setembro de 2012

Curtas do fim-de-semana

No sábado, acidente de automóvel, onde resultou muita chapa vincada e uma declaração amigável preenchida. Se o nosso caro só sofreu arranhadelas, o outro deixou de andar.Ficou com a dianteira com metade do comprimento após bater na traseira do nosso carro. Foi um rico presente de aniversário para o marido. Podia ter sido pior, lá diz o povo.

§§§§§§§§§§
As mulheres estão cada vez mais desinibidas. Seja qual for a idade. Pudemos constatar - o marido e eu- que o meu sogro foi durante grande parte da noite de sábado assediado por uma mulher que se sentou junto a ele, num jantar comemorativo.   Tudo nos pareceria perfeitamente normal se ela não tivesse cerca de setenta anos e ele oitenta e três. Esteve ele a fazer-se desentendido e só faltou ela sentar-se no colo dele e beijocá-lo. O meu marido não sabia de havia de rir, se chorar. 

§§§§§§§§§§

À saída de casa do meu irmão, na despedida, pedi ao meu afilhado que me desse um beijo de despedida. Ao contrário do que aconteceu à minha chegada, recusou-se a dar-me um beijo. Acompanhada da negativa, explicou-se: só dou beijos a meninas (Começa bem aquele fedelho de pouco mais de dois anos!) E eu respondi-lhe: mas eu sou uma menina. E muito convincente, contrapôs: não és nada menina! És a madrinha! Acabei de perceber que passaram a existir meninos, meninas e a madrinha.



1 comentário:

  1. Ainda bem que foi só chapa, Alice. Não é bom, mas sairam ilesos, o que só por si já é uma boa prenda...

    Um beijo grande

    ResponderEliminar

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)