Avançar para o conteúdo principal

os saldos enlouquecem gente

Fujo de multidões como o diabo deve fugir da cruz. Nunca imaginei que as pessoas ficassem literalmente loucas com o início da temporada de saldos. O shopping parecia a feira semanal; nem imagino como seria dentro das lojas, mas de fora via-se tudo revolvido. Eu só queria ir ao supermercado. Não fosse a minha teimosia em encontrar um determinado tipo de copos para o Ano Novo (já corri tudo esta semana e nada!) não me tinha metido na fila enoooorme para entrar no parque. Estive quase a desistir. Copos iguais nem vê-los (estraga-me a ideia da mesa do final de ano) e parece-me que, nos saldos já comprei tudo: um par de meias pretas opacas (sem saldo) e uns sapatos pretos bem catitas.
Deusmalibre se tão depressa me meto dentro daquele shopping. Felizmente não sou viciada em compras. Muito pelo contrário.

Comentários

  1. Bem já somos a duas a fugir de multidões :)
    Eu cá detesto andar ás compras ... só mesmo quando preciso e sim tens razão o povo fica louco com saldos :/
    Kiss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ângela,

      Ainda bem que não estou só nesta aversão pelas compras. Devias ver o caos ontem, apenas para estacionar. Fazia lembrar os shoppings americanos, com as mulheres a correrem para comprarem vestidos de noiva ou algo assim.

      Estão agora a passar na TV que as pessoas vão cortar na alimentação. Triste... Contudo parecem contar com dinheiro para manter a aparência. Não estou a julgar ninguém mas parece-me uma grande ambiguidade. As lojas das marcas ontem estavam cheias...

      Beijinho grande e Bom 2013

      Eliminar
  2. Por estes dias, as grandes superfícies estão proibidas.
    Beijinho grande, my dear!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dear Daisy,

      Proibidíssimas mesmo. Não estou a contar tão depressa colocar lá os pés. Também não deve haver nada que me agrade. Sou muito esquisita.

      Beijinho grande

      Eliminar
  3. minha querida

    http://belledujourlisboa.blogspot.pt/2012/12/voces-estragam-me-com-mimos-natal.html

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Belle,

      Já fui ver. Ainda bem que gostaste da surpresa.

      Beijinho

      Eliminar
  4. Chego sempre no fim dos saldos... Não suporto o caos...
    A ver se aproveito durante a semana :D
    Bom ano*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Candybabe,

      Quando muito também só irei no fim. Obviamente também já irá ser difícil encontrar algo de jeito, mas também não estou necessitada de nada que precise ir a correr comprar mais barato. Menos é mais. É nisso que estou apostada em fazer.

      Beijinho e feliz 2013

      Eliminar
  5. http://belledujourlisboa.blogspot.pt/2012/12/voces-estragam-me-com-mimos-aniversario.html

    vai espreitar! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Belle,

      Já espreitei. Isso é que foram honras. Ainda bem que gostaste.

      Bjs

      Eliminar
  6. Tu não és esquisita, só não encontras é aquilo que gostas, é diferente ;)! Eu fui ao shopping antes de começarem os saldos (dia 27) e não vi nada de jeito. esta semana na 2ª fui lá no algarve e comprei um perfume e estava com 20% de desconto, mas nas lojas de roupa é mesmo para fugir e não meter lá os pés.
    Não gosto de nada e o aspeto enfeirado e tudo remexido ainda me dá menos vontade!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. B. Cérise,

      Ora aí está um ponto de vista que não tinha pensado.
      Estou como tu, não há nada de jeito.ou nada que me agrade

      Este ano nem de perfume preciso, porque no Natal me ofereceram 4. Foi um Natal rico este :)

      Beijinho

      Eliminar

Enviar um comentário

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)

Mensagens populares deste blogue

nada que consiga com palavras simples

A ideia de sair do emprego não era nova. Era uma ideia adiada. Viver agarrada à ideia que precisava do emprego para concretizar sonho(s) era só forma de me ancorar ao certo, ao fácil, ao controle, caso algo corresse mal. Afinal, ter um filho a quem se pensaria dar tudo era, para mim, condição suficiente e necessária, para manter o sustento sem solavancos nem travagens bruscas.
Já há demasiadas coisas simples a subtraírem minutos ao meu sono todos os dias. Se pensava em trazer alguém ao mundo então tudo deveria ser bem calculado, medido, pensado ao mais ínfimo pormenor. Preocupei-me demasiado em aconchegar um sonho em camas de algodão fofo e sedoso, que tudo o resto foi descuidado. Os outros [sonhos] foram sendo descuidados, apagados da memória, subnutridos até serem deixados morrer por incúria de mim mesma. Esta semana comecei a enviar CV e até tive uma proposta de entrevista no mesmo dia. Retraio-me em candidatar-me a umas quantas coisas, em dar conhecimento a conhecidos do meio so…

Jardim de Chuva Prateada

hoje em dia, as pessoas têm muitos amigos no facebook. é onde têm mais amigos. Se,de repente, essa pessoa deixar de colocar posts ou likes, não mostrar as suas selfies, os amigos vão preocupar-se com isso? se calhar não. acho que impera por lá a inveja, não a preocupação... Acho que os blogues são bem mais que isso. As pessoas não são sempre felizes; quando querem, mostram a vida que realmente vivem. E, às vezes, a amizade nasce, quando nos identificamos com essa pessoa. [Bem sei que há por aí gente com mais imaginação do que vida própria.] Há cerca de dois anos, uma pessoa frequente no meu blogue, deixou de escrever no blogue dela e nunca respondeu a emails que varias pessoas "chegadas" lhe haviam enviado, inclusive eu. tinha-me deixado um apelo no seu blogue, a que depois respondi e nunca mais tive resposta. ainda hoje tenho o seu blogue na minha de lista de leituras, para o caso dela voltar. mantenho a esperança que nada tenha acontecido. Agora volto a preocupar-me com a…

ironias

O meu marido conseguiu saber/sentir primeiro que eu o que e uma epidural...
(ouvimos sempre falar de epidural aquando dos partos mas afinal, não serve apenas nesses casos)