quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Nunca achem que ainda é cedo

Para pedir ao vosso médico um rastreio do cancro da mama. Aconselhem-se.
Há coisas que pecam por virem tarde demais.

(um blogue também serve para sensibilização de questões tão sérias como esta, mesmo sabendo que o mais normal é que seja ignorada.)

7 comentários:

  1. concordo em absoluto contigo. aos vinte anos pedi ao meu ginecologista para me ensinar a fazer a palpaçao, o que deveria sentir e o que me devia despertar a atençao. nunca me arrependi do ter feito, mas reconheço que o sr ficou espantado de tao nova o pedir. façam-no vergonha ´e roubar, perguntar nao ofende e nao ha que ter vergonha!
    ***

    ResponderEliminar
  2. É isso e o teste de Papanicolau. Muito importante.

    Espero que estejas bem... um beijo.

    ResponderEliminar
  3. Há mais de 20 anos, que faço este rastreio.
    Tenho antecedentes familiares.
    Um blog serve, sim , para alertar.
    Obrigada.

    ResponderEliminar
  4. Sem dúvida. Eu vou-me mantendo atenta a qualquer mudança que possa ocorrer e à conta disso há uns meses fiz uma eco mamária.
    E também ando sempre "em cima" da minha mãe para fazer os rastreios anuais já que ela tem um nódulo mínimo e inofensivo, mas não facilitando.
    Espero que esteja tudo bem contigo. Bjinhos

    ResponderEliminar
  5. Verdade! Há uns 7 anos apanhei um susto, quando senti um caroço no peito esquerdo, felizmente revelou-se benigno, mas desde então faço ecografias todos os anos. Espero que contigo esteja tudo bem também!
    Bjs

    ResponderEliminar

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)