quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

lá estou eu a implicar

Incomoda-me que as pessoas digam que fazem caridade. Por dois motivos. Pelo uso do termo. Pela publicidade que fazem ao acto.

Afinal, com isto só estão a querer que a sociedade lhes bata as palmas. Querem lá saber do resto.

3 comentários:

  1. Não podia estar mais de acordo.
    Embora às vezes fale das ajudas que dou a instituições de defesa de animais, mas quando o fiz creio ter sido com intuito da divulgação da campanha de pedido de ajuda e como forma de incentivo. Mas mesmo aí tento ter cuidado porque não pretendo andar a publicitar-me como a boa samaritana. A boa acção perde-se na publicidade que se faz da mesma.

    ResponderEliminar
  2. (lol. acabei de comentar no teu blogue...)

    Uma coisa é falar das campanhas ou coisa é dizer que se está a fazer caridade, como se as pessoas não vivessem, se não fosse a ajuda deles. e insistem numa campanha de enaltecimento do seu acto.
    Cada vez há mais disto que me deixa muito triste. As pessoas desconhecem a solidariedade.

    beijinho

    ResponderEliminar

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)