Avançar para o conteúdo principal

Vamos colorir 2013 [Fevereiro- Poppy Red 2]


Do herói lá de casa. 
Apesar de estar sempre com o coração nas mãos, não deixo de sentir um imenso orgulho e respeito pela sua vocação. Quando nos conhecemos já ele era bombeiro; não seria eu que o iria obrigar a deixar uma coisa que gosta tanto.

Comentários

  1. Há que se orgulhar da profissão que tem, mesmo que por vezes fiques com o coração do tamanho de uma azeitona (que raio de comparação esta! :D )

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. S.o.l,

      eu diria´que, muitas vezes, o meu coração fica do tamanho de uma ervilha.

      Mas quando se gosta tanto dele, e ele gosta tanto do que faz, faz-se das tripas, coração.

      Beijinho

      Eliminar
    2. :D :D
      Eu bem me parecia que não era azeitona :))

      Eliminar
    3. S.o.l.

      Podia ser azeitona, porque não. Eu é que falei em ervilha, porque o meu coração fica ainda mais pequenino que uma azeitona, me parece :)

      bjs

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Marta,

      É Solidário e Voluntário. ;)

      beijinho

      Eliminar
  3. Nem consigo imaginar como fica esse coração ervilhinha. E um grande bem haja a tão nobre profissão!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Raiozinho,

      E eu nem sequer consigo descrever as minhas aflições - que são todo o ano, mas no Verão mais.


      beijinho

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Candybabe,

      Eu diria que tenho um duplo herói em casa. também né herói por me aturar... :D

      beijinho

      Eliminar
  5. Todos os que vestem essa farda são heróis para mim :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lemon,

      Ainda bem que há quem os veja como heróis. è muito btriste quando ouço algumas pessoas criticarem-nos. Eles são humanos como nós.

      beijinho

      Eliminar
  6. É mesmo de sentir orgulho ... ainda que sintas nalguns momentos um enorme aperto ...
    Beijinho grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ângela,


      nem sempre a gestão entre bo orgulho e a preocupação é a melhor, mas vai-se fazendo o que se pode.


      beijinho

      Eliminar
  7. É preciso uma coragem especial para envergar essa farda! Parabéns! ^^
    Beijinhos :3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Kuma,

      Podes crer que é. As pessoas esquecem-se que os bombeiros não acodem apenas incêndios e não estão apenas em risco nessas situações.

      Vêem tanta desgraça que não se imagina.


      beijinho

      Eliminar
  8. E deves ter orgulho nele e na profissão dele SIM!

    Um beijo doce aos dois xxx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paulinha,

      Acredita que tenho mesmo muito, muito orgulho.

      Mas, às vezes custa, porque muitas vezes a família sai prejudicada. Mas há que compreender.

      Beijinho

      Eliminar
  9. Voto neste como o "Poppy Red" mais orgulhoso da semana. Tenho um respeito imenso pelos homens, como o teu marido, que exercem esta profissão.

    Um beijo.

    ResponderEliminar
  10. carla

    Não posso deixar de sorriso. deixa dizer que será talvez o Poppy red mais solidário e voluntário desta semana. :)

    Obrigada por esses sentimentos relativamente aos soldados da paz. Eles merecem!


    beijinho

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)

Mensagens populares deste blogue

Jardim de Chuva Prateada

hoje em dia, as pessoas têm muitos amigos no facebook. é onde têm mais amigos. Se,de repente, essa pessoa deixar de colocar posts ou likes, não mostrar as suas selfies, os amigos vão preocupar-se com isso? se calhar não. acho que impera por lá a inveja, não a preocupação... Acho que os blogues são bem mais que isso. As pessoas não são sempre felizes; quando querem, mostram a vida que realmente vivem. E, às vezes, a amizade nasce, quando nos identificamos com essa pessoa. [Bem sei que há por aí gente com mais imaginação do que vida própria.] Há cerca de dois anos, uma pessoa frequente no meu blogue, deixou de escrever no blogue dela e nunca respondeu a emails que varias pessoas "chegadas" lhe haviam enviado, inclusive eu. tinha-me deixado um apelo no seu blogue, a que depois respondi e nunca mais tive resposta. ainda hoje tenho o seu blogue na minha de lista de leituras, para o caso dela voltar. mantenho a esperança que nada tenha acontecido. Agora volto a preocupar-me com a…

ironias

O meu marido conseguiu saber/sentir primeiro que eu o que e uma epidural...
(ouvimos sempre falar de epidural aquando dos partos mas afinal, não serve apenas nesses casos)

das minhas fragilidades. tenho coisas para contar, mas hoje "roubo" palavras a outros

O momento de escrever o que Maio me trouxe e me levou, vai chegar. falarei sobre isso, quando me sentir com os pés mais perto da terra e menos de cabeça para baixo. Sem os dramatismos com que agora vejo os acontecimentos.Maio trouxe e levou. A minha vida continua um novelo com muitas pontas e poucos fins à vista. tenho de falar nisso. Porquê? porque preciso. só não sei por que ponta começar.

Enquanto as minhas palavras não saem, gostei das de outrem, que não hesitei em roubar, sem pedir licença, mas dando os devidos créditos.

Tantas palavras te disse hoje,
mas as mais frágeis reservo-as
para o dia em que te encontrar.[Deste blogue]