quinta-feira, 20 de junho de 2013

sempre o mesmo "ram-ram"

Não têm acontecido coisas boas, daquelas fenomenais. Que nos marquem como sendo uma excelente notícia, que nos componham a vida e confortem a alma. Mas também não têm acontecido coisas más, daquelas catastróficas de nos virar a vida do avesso.

Portanto, em lugar de me lamentar que os meus dias são quase todos iguais, vou deixar estar os meus pensamentos quietos. Há dias que gostaria que a minha vida fosse bem diferente. Mas se ela não me tem dado grandes agruras, o melhor é desejar que ela continue assim. Antes assim, nunca pior.

3 comentários:

  1. Nem mais. Como eu costumo dizer "Um bom ano! Se não for melhor, pelo menos que seja como este." :)

    ResponderEliminar
  2. Tens toda a razão. Passa-se a vida perder tempo a lamentar o "ram ram" (e por mim falo) e depois falta tempo para dar realmente importância ás coisas boas que vão acontecendo nesse "ram ram".

    Um beijo

    ResponderEliminar

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)