quinta-feira, 3 de julho de 2014

Burro velho não aprende linguas

Velho ditado e bem verdadeiro.

Na primeira aula apercebi-me que somente eu partia mesmo da estaca zero. Senti-me logo em desvantagem. Repercutiu-se logo na segunda aula em que entrei insegura, e perdi o chão quando exigiram, sem condescendência, que eu fizesse perguntas e respostas sem consulta aos apontamentos. É certo que é um curso de verão, intensivo mas começo a sentir-me um animal que vai para um matadouro. começo a sentir-me desmotivada. supostamente estou ali para aprender.
As aulas são das 19 às 22h, todos os dias. Obviamente que o meu disco rígido, a essas horas, já tem grande parte da capacidade ocupada [ninguém tem culpa disso]. e eu já começo a sentir o peso da idade que tenho andado a ignorar. eu já não tenho a capacidade de absorver tanto como há uns anos atrás. Não conseguir arranjar mnemónicas para decorar sons e expressões também me está a atrofiar.
Mesmo estudando com todos os recursos informáticos que vou arranjando, sinto-me um bocadito burrinha nisto de aprender alemão. Ler é lindo! [nicht!] era suposto eu divertir-me com isto, acrescentar algo mais ao cv, arriscar em algo diferente. tirar pontos à minha auto-estima é que não. ninguém gosta de fazer figura de otário com público a assistir.
 
Espero não ser obrigada a desistir; eu sei que ninguém ter culpa de eu  apresentar muitas dificuldades, e ao reconhecer isso, fico ainda mais acanhada; mas creio que também não sou responsável por ter pessoas na turma já com conhecimentos de alemão.
 
Se alguém tiver dicas para aprender mais rápido, a caixa de comentários está à disposição e aqui a burrinha agradece.
 
Gute Natch!

2 comentários:

  1. Respostas
    1. Ângela,

      Não é mesmo nada fácil; aguardo o resultado do exame. Se for 1o, fico bem contente.

      Beijinho

      Eliminar

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)