quarta-feira, 28 de outubro de 2015

começar por alguma ponta. como?

Com tudo o que se tem passado durante este ano, sinto que a pouca confiança que tinha em mim, foi abalada [mais uma vez] na segunda-feira.

Fiquei perdida - literalmente- no meio do hospital. Sabia onde tinha de me dirigir mas naquele momento nada me era familiar, face à ultima vez que lá tinha estado. Julguei estar no sitio errado, quando a segurança me dizia que estava no sitio certo, que seria só procurar o piso 9. Tentei vezes sem conta chegar ao local - nada me continuava a ser familiar- e dei por mim a verter lágrimas de pânico por não o encontrar. Todas as portas eram iguais, os elevadores pareciam estar fora do sitio, longos corredores sem gente, e a porcaria do guichet que não aparecia em lado nenhum. O tempo a fuicar curto, a hora a que devia lá estar já a ser ultrapassada e eu ali no meio do nada. Caramba, nunca fui uma atadinha, muito pelo contrário. Sempre tive um óptimo sentido de orientação. Mas perdi-me. Acho que me senti uma criança pequena que, de repente, se perde dos pais. Perdi-me e entrei num pânico jamais sentido. Senti-me demente. Com perda da noção do espaço e sem capacidade de refrear aquele pânico crescente. Desta vez não consigo rir-me de mim própria.

Isto talvez tenha sido um sinal de alarme. quero crer que isto é a minha cabeça que anda a precisar de descansar. Olha à minha volta e vejo tudo fora do sítio. Nem sei porque ponta pego. Sei que há que começar por algum lugar. neste momento, não sei por onde nem como. 


3 comentários:

  1. Começa por ti... se estiveres estável conseguirás estabilizar também o que te rodeia. Não sei o que se passa, mas espero que tu melhore em breve.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  2. É preciso calma, respirar fundo e arrumar as ideias. Força e um beijinho :)

    ResponderEliminar
  3. Já me aconteceu sentir-me perdida na minha própria casa :(
    Espero que entretanto tenhas conseguido acalmar a ansiedade...

    Beijos*

    ResponderEliminar

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)