quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

aqui nao havera Natal

Este ano, nesta casa, a única coisa a lembrar o Natal serão os presentes comprados para o meu querido sobrinho, que adoramos.

A falta de ânimo partilhada pelos dois habitantes humanos desta casa não combina com festividades. Aboliu-se o Natal por tempo indeterminado.

(esta era uma das minhas épocas favoritas do ano. As adversidades da vida mudam o nosso lado cor-de-rosa)

4 comentários:

  1. Melhore dias virão certamente. Haja esperança. Beijinho

    ResponderEliminar
  2. É verdade às vezes certos acontecimentos mudam para sempre tudo.
    Mas que seja pelo menos com alguma saúde.

    ResponderEliminar
  3. Um abraço apertado.

    (como te percebo)

    ResponderEliminar

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)