quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

há coisas fantásticas

Há relatos de coisas fantásticas neste blogue, mas este post, claro que me tocou de uma forma especial.

4 comentários:

  1. Claro que toca, até a mim. Mas conheço um caso assim, de uma pessoa que trabalha de perto comigo e foi mãe aos 43 anos. Nunca desistas. Apenas não insidtas se isso te faz sofrer, lembra-te??

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria do Mundo,

      A minha desistência apenas se prende com o regresso a tratamentos. não vou voltar a faze-los. a nossa decisão esta tomada. não quero passar por aquela dor toda, sem garantias que as coisas aconteçam (e nisto não se têm garantias).

      isto ainda me dói muito, embora eu esteja sempre a tentar esquecer. o tempo vai ajudar. estou a ir devagarinho, sem insistência, como tu já recomendaste no outro post.

      Eliminar
  2. Alice, como diz o post "não há impossíveis- nem na medicina, nem na vida!
    Fé na vida e um grande beijinho!

    ResponderEliminar
  3. Gostei de ler :) Parece que afinal milagres acontecem :))

    ResponderEliminar

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)