sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

xarope para a tosse

Quando era miúda lembro-me de a minha mãe fazer xarope de cenoura quando a tosse não nos largava. Parece que ainda hoje tenho o sabor daquilo na boca. Gostava bastante.
 
Agora não tenho andado com tosse - quem me dera, parte do problema resolvia-se -mas tenho uma forte expetoração na garganta, e não consigo libertar o peito deste bloqueio.
 
Ainda me lembrei do tal xarope da minha mãe, mas acho que seria incapaz de o beber, tal a dose de açúcar que leva.
 
Eu, que sou pouco de aventuras nas mesinhas  caseiras, fiz umas pesquisas e achei uma receita caseira que me pareceu lógica: alho esmagado com açúcar e água, ferver, coar e beber. Mandava por dois dentes de alho, mas eu achando que, com duas colheres de açúcar, ia ficar muito doce, juntei mais alho.
 
Já bebi dois golinhos e sabe Deus o que me custou. Acho que amanhã vou a farmácia e compro um expectorante. é o melhor. E deitar a mistela fora.
 
Se o meu marido hoje não estivesse de serviço, de certeza que um de nós ia dormir no sofá. Bebi pouquinho, mas devo ter ficado com um hálito capaz de afastar uma manada de búfalos... 
 
Estou mesmo aflita...

3 comentários:

  1. Compra qualquer coisa na farmácia, mas não tomes antes de ir dormir. Senão os momentos a seguir vai passar a tossir. Toma umas horas antes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria do Mundo,

      Era o que devia ter feito logo. Vinha tão cega para chegar a casa que não quis parar na farmácia. Sou pouco de remédios caseiros; nem sei o que me deu.

      Amanhã vou a farmácia.

      Obrigada pelo conselho.

      Eliminar
  2. Ai cenoura raspada com coco...! Eu adorava!
    Kis:=)

    ResponderEliminar

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)