quarta-feira, 13 de abril de 2016

beijos de desejo

A maioria das pessoas - acho eu- gosta de beijos carinhosos, suaves, de entrega, repletos de amor. Faz sentido. Sabem bem.

Mas há aqueles beijos de volúpia, conquistadores, que não negam o desejo presente. São arrebatadores, que nos deixam com o coração a mil. Habitualmente acabam por nos surpreender pelo local e o momento onde acontecem. Se a pessoa beijar bem - se é que há esse conceito - costuma ser uma espécie de momento de pôr em prática o que as palavras não conseguem. Esses, eu aprecio que sejam os homens a tomar a iniciativa.

Quando nos começamos a apaixonar, têm muita força. Ou quando nos zangamos com a nossa cara metade, em que só sai fúria dos nossos olhos e esbracejamos cheias de razão.

Fazer as pazes ou descobrir a paixão com beijos destes é no mínimo, brutal. Eu gosto.

Sei que o cinema deve ter exemplos do que falo - aos montes - mas só me ocorre este exemplo, por ter sido tão divulgado.

Beijos destes sabem bem, não sabem?





1 comentário:

  1. Ai mulher, isso não vale ? eheehhe. Opá, adoro esses beijos de me tirar o fôlego e pode ser assim tal e qual num elevador entre andares ahahaha. Um beijo com carinho p ti :) Não ligues, sou só bem disposta :)

    ResponderEliminar

Tens alguma coisa para dizer? Obrigada por partilhares! ;)